Confira abaixo algumas dúvidas frequentes:

Preciso preparar os seios para a amamentação?

Não existem referências científicas que comprovem a necessidade de preparar os seios para a amamentação. O importante é que você busque informação de qualidade, se empodere e verá que isso será o grande diferencial.

Meu seio não tem bico, quando devo começar a fazer massagem para o bico “sair” pra fora?

O bico do seio é formado quando o bebê nasce, com o movimento de sucção que ele faz. É importante ter apoio profissional para lhe auxiliar.

O leite não desce no primeiro dia, nesse caso eu ofereço fórmula até o leite descer?

Não. Logo quando o bebê nasce a mãe tem o colostro, que também é LEITE, sendo riquíssimo em anticorpos para o bebê. A “descida do leite” que é a apojadura, acontece aproximadamente 72hs após o parto.

Devo amamentar de 3/3 horas?

O bebê deve amamentar em demanda livre, ou seja, sempre que ele quiser. Dessa forma, não estaremos interferindo na produção láctea.

Meu seio é muito pequeno, será que vou ter leite?

O tamanho do seio não interfere na produção láctea. As glândulas mamárias são as responsáveis pela produção e não o tamanho da mama.

O filho da minha amiga preferiu a mamadeira do que o peito. Como faço para isso não acontecer comigo?

Na mamadeira o bebê trabalha apenas 02 músculos para ter o leite enquanto no seio materno são 05. Então, o seio materno é bem mais difícil. Na mamadeira, além de ser mais fácil, também sai grande volume lácteo de uma vez e no peito o volume é de acordo com a extração do bebê. Por isso, quando o bebê tem contato com a mamadeira, ele terá essa preferência.

O leite materno é fraco? Por que muitos bebês não engordam?

O leite materno não é fraco. O que pode acontecer é termos baixa produção láctea, ou seja, o volume não estar atendendo as necessidades do bebê, mas é possível reverter. Busque apoio de um profissional da Amamentação e assim você saberá conduzir esse manejo.

Meu filho tem 20 dias e meus seios não estão cheios mais. É normal?

O seio materno não deve ficar sempre cheio. A produção láctea já foi estabelecida e seu organismo está produzindo a quantidade necessária para atender a demanda de seu bebê.

Não encontrou uma resposta? Envie sua pergunta utilizando o formulário abaixo: